Sambas Enredos Águia de Ouro

Clique nos anos para expandir as letras.

2015 - Brasil e Japão: 120 anos de união

Compositores: Serginho do Porto, Chanel da Vila, Ivanzinho, Pelezinho Aha e Douglinhas
Intérprete: Douglinhas

Superação
Renasceu das cinzas a nova nação
Hoje é modernidade
Guerreiros da criação
No corpo se guarda o tesouro, cuidar é preservar
Colher ao semear os frutos da mãe natureza
E com leveza para sempre desfrutar
Éo elo pra purificar

Rituais de fé a meditar
A mente e a alma equilibrar
Respeito à vida
Religião é paz no coração

Agrader aos deuses
Louvar e sempre celebrar
Em forma de arte unindo o folclore
É cultura popular
E assim de gol em gol
Virou paixão, eternizou
Os laços dessa união
Festejar
E mostrar ao mundo inteiro
Mais umn samba verdadeiro
No carnaval de Asakusa

Explode alegria num só coração
Eterna aliança Brasil e Japão
Voa Águia, vai buscar
O sonho de ser campeã

2014 - A velha Bahia apresenta o centenário do poeta cancioneiro Dorival Caymmi

Compositores: Vitor Gabriel, Rodolfo Minuetto, Rodrigo Minuetto, Cruz, Bruno Tomegeski, Pelezinho, W. Corrêa e Jr. Silva

Intérprete: Serginho do Porto

ODOYÁ, A BENÇÃO YEMANJÁ
A JANGADA VAI SAIR PRO MAR
E NAVEGAR NESSE OCEANO DE AMOR
LINDO PÔR DO SOL, CENÁRIO DE MAGIA
BRILHA O HORIZONTE NA VELHA BAHIA
TEM BATUCAJÉ, NO ABAETÉ, MISTÉRIOS NO AR
OH LUAR CLAREIA, É LUA CHEIA, DEIXA CLAREAR
DAS LÁGRIMAS DA ÍNDIA
UMA LAGOA SE FORMOU, NA PRAIA DE ITAPUÃ

NA LAVAGEM DO BOMFIM, BATE O TAMBOR
NA SAIA DA BAIANA TEM AXÉ
TEM MIRONGA NO CONGÁ
ORA YEYEO, MÃE MENININHA DO GANTOIS

E SOBRE AS ONDAS DO MAR, NO VELHO ITA PARTIU
SUA VIOLA A TOCAR, A DOR QUE O NEGRO SENTIU
POETA, CANCIONEIRO, APAIXONADO PELO RIO DE JANEIRO
NOS SEUS BALANGANDÃS MOSTROU O QUE É QUE A BAIANA TEM

INSPIRAÇÃO, ESTRELA DO MAR
ETERNA PAIXÃO, GUARDOU SEU LUGAR
DESCEU O MORRO DA MANGUEIRA
DE VERDE E ROSA, SÓ NO SURDO DE PRIMEIRA

É PURA EMOÇÃO, CAYMMI DO MEU CORAÇÃO
LÁ VEM POMPEIA, É ÁGUIA DE OURO
SUPER CAMPEÃ DO POVO

2013 - Minha missão. O canto do Povo. João Nogueira.

Autores: Diogo Nogueira, Ciraninho, Rafinha, Leandro e Serginho Castro
Intérprete: Serginho do Porto

Deixa a luz do amanhecer iluminar a avenida
Vem recordar a missão de um poeta
E exaltar as belezas da vida
Renasce João sobre o poder da criação
Ê vida boa...no Méier labareda no olhar
Ê vida a toa...bohêmio a luz do luar
Ê vida voa...o Clube do Samba desperta saudade
Vem brindar... festejar no Boteco do Arlindo
Mais um show do Flamengo, domingo
Um Rio de felicidade

Bole que bole ao som dos tantãns
Me leva na fé, São Jorge guerreiro
Quebra no balacochê do cavaco
Clareia meus passos, São Sebastião
Aplausos para um gênio brasileiro
Águia de Ouro é samba, amor, é tradição

Vem, vem poeta nos braços da paz
Ver a Portela de tempos atrás
Realizar o seu sonho de bamba
Compor mais um lindo samba
Canta sabiá, vai resplandecer
A nação Xingu não vai se render
Quem viveu de amor nunca vai morrer
Hoje o espelho é você

E o meu medo maior é o espelho se quebrar...
E o meu medo maior...

João, teu nome é história
O Canto do Povo te faz imortal
Ninguém faz samba só porque prefere
É Nó na Madeira o meu Carnaval

2012 - Tropicália da Paz e Amor, O Movimento que não Acabou!

Águia de Ouro eterna paixão
O tesouro que guardo no meu coração
No swing da Pompéia eu vou
Na Tropicália da paz e do amor

Brasil, oh pátria amada
Terra abençoada de encantos mil
Sua natureza é divinal
Paraíso de beleza Tropical
A Beira Mar a Bossa Nova Nasceu
Guitarras a tocar, como inspiração
Pra jovem guarda e o rock em apogeu (apogeu)
Com Caetano e Gil, a Tropicália Surgiu
Em liberdade de expressão
"Caminhando contra o Vento"
Ao novo tempo sem repressão

No ar, ecoam notas musicais
Pra eternizar, grandes festivais
E os talentos, o povo consagrou
E a musica embalou

Sucesso no cinema
Terra em transe na tela
A arte a moda em poema
No teatro, "o rei da vela"
Bate tambor no iê iê iê pro povo balançar
O caldeirão a ferver de cultura popular
A nave louca partiu a dor foi demais
Na luta os seus ideais (Ideais)
Mas, Chacrinha tropicalista imortal
Recebe os novos baianos no Planeta Carnaval

2011 - Com todo gás a Águia de Ouro é fogo

África templo do fogo sagrado
Brilha o astro rei, presente divino
o homem primitivo descobriu
no fogo sua proteção
iluminou a vida rumo a evolução
chamas da historia, civilizações
o tempo marcou
das cinzas renasceu, fenix então brilhou
Na Grecia, Prometeu roubou o fogo de Zeus
No Olimpo a pira acendeu, entregando a humanidade
Nero, o louco imperador, sem alma e sem amor
Roma queimou

Na fé, em rituais
Divino na religião
Purificação
Na fogueira da inquisição

(No Brasil)
No Brasil a nova era, iluminada por lampioes
Surgiu então o gás natural
que alimenta o fogo, no banho dá prazer
Surgem no ventre das matas, seres sobrenaturais
Lendas do nosso folclore
guardioes do fogo e muito mais
ponteia a viola caipira
com enenrgia e calor
pula fogueira que a chama do samba chegou

Águia de ouro é paixão !
Amor de enlouquecer
Com todo gás a pompéia é fogo
Que aquece o meu viver

2010 - Ribeirão Preto - Região Frente do Seu Tempo: Da Abolição ao Agronegócio, Terra de Liberdade e Riqueza!

A minha Águia é felicidade Meu orgulho maior: paixão!
Hoje o canto da Pompéia vai ecoar:
Ribeirão Preto para sempre vou te amar

Ora yê yêo mamãe Oxum
Em tuas águas nasce um grande amor
Surgindo assim esta cidade
Abençoada pelas mãos do Criador...
O negro com braço forte trabalhou
Fez prosperar a agricultura neste chão
Enfim a liberdade com a Maçonaria raiou...
E os sonhos da imigração seguem os "trilhos da evolução"
No Cabaré o glamour, a França e sua magia
A Riviera num cenário magistral: o berço do carnaval!

Santos Dumont deu asas à imaginação
Desbravando a imensidão
E sob o céu de Paris
"Marcou o tempo" no 14

E na aliança dos povos renasce rumo ao apogeu
Ribeirão Preto se torna a capital do agronegócio nacional
No combustível a solução pra combater a poluição
"Vitrine Cultural" reflete teus encantos e belezas
Na educação a sapiência na esperança de um novo amanhã
És uma grande fonte de lazer, no chopp a referência nacional
No Come-Fogo a vibração é geral
Nas ondas do rádio traz a comunicação
E na saúde a evolução em busca de um futuro promissor

2009 - No Swing da Pompeia, Águia de Ouro te convida pra Dançar

"É festa na aldeia
A índia dança seduzindo o português
E no verde azul do mar
Nos porões de lá pra cá
O negro traz a magia e a ginga da cor
Deu-se a miscigenação das raças
E o meu Brasil monerizou
Nossa dança é paixão é herança é raiz
Olha o bumba meu boi, boi bumba parintins
Anarriê.. Tem forró viva São João
No balanço do frevo xote e baião
Vem se acabar….

Vem dançar caxambu… afoxé
Maracatu, maculele e candomblé
A energia que emana contagia
"Vale tudo" e dança quem quiser

A arte da dança nos leva a loucura
Atrás do trio só não vai… quem já morreu
Amor eu só quero brincar
Me apaixonar nos braços teus
O ritmo é quente é pura emoção
Na batida mais forte de um coração
Com muito molejo bailar com você
No hip hop um prazer
Sertanejo me fascina
O funk, o rock, o reggea e axé
O meu carnaval opera de rua
Hoje tem samba no pé

O som do tambor me chama
O show vai começar
No swing da pompéia
Águia de ouro te convida para dançar"

2008 - A taça da Felicidade, Uma Viagem pelos Sentidos às Delícias do Sorvete

Vem cantar
A Pompéia vai te conquistar
Vamos nessa, o show vai começar
Hoje é dia de alegria
Vem sentir um frescor
Que é de arrepiar
Simples toque de magia
Que vai te refrescar
Que maravilha!
Tem várias cores que enfeitiçam seu olhar
Obras de arte que fascinam o coração
Sedução

Sinta o aroma no ar, é festa
Deixe o meu samba te levar
No carnaval, entre essências brincar
Se entregar

Um mundo de sabores desfrutar
Se deliciar ao bel prazer
Seja feliz também, venha se divertir
Voltar a ser criança e ter a emoção
De um beijo doce, uma paixão
Que alimenta o corpo e a alma
Vamos brindar
E ouvir os sinos da felicidade
O ano inteiro apreciar
Um bom sorvete e se lambuzar

Embala, meu amor, que o teu calor me leva
Embala, minha águia, meu amor sem fim
Fonte cristalina, doce ilusão
A bateria vai tocar seu coração

2007 - Deus fez o homem de barro e a Águia de Ouro - o Brasil Feito a Mão

Águia de Ouro
Mostra um Brasil que é feito a mão
Chega pra cá vem sambar, o show já vai começar
E a bateria vai te arrepiar

Brilha
A minha Águia hoje brilha
Com uma luz que irradia
Enfeitiçando seu olhar
Vejam, iluminado surge o homem
Moldado em barro, obra prima divinal
Semelhante ao criador
Das matas eu tiro elementos naturais
Crio arte de rara beleza
Com a magia da mãe natureza

A emoção que reluz no olhar
Ao esculpir com devoção
Iluminai meus caminhos, o meu coração
Junto a imagem, peço a Santa proteção

Viajei
Aos quatro cantos desse meu país
Do Sul ao Norte levo a vida mais feliz
Vou esculpindo o dia a dia
Sou artesão, meu sentimento é uma declaração
Tão calejadas são as minhas mãos
Enriquecendo essa festa popular

Amor hoje a festa é pra você
Sou da Pompéia pode crer
No carnaval da ilusão
Minha arte é fascinação

2006 - Não tem Desculpa

Vi num rosto de criança
A esperança, a inocência no olhar
Entre magias e contos de fadas
Sonhos a realizar
Mas todo encanto se perdeu
Ao perceber o mundo de horror
Sofrendo explorações
Abusos em sem lar
Obrigada a oferecer prazer carnal
E ver o lobo mau
Comer a vovozinha
De olho na menininha

O pirata então chegou
Com riquezas encantou, enfeitiçou
Levando assim, em suas mãos,
Nossas crianças com destino à perdição

Pedofilia e covardia eu digo não
Na internet quero amor, educação
Não tem desculpa não
Denuncia é a solução
Pra quem tem culpa
Sofrer a punição
Eu quero ver enfim o meu Brasil feliz
E nessa festa brincar, cantar e sorrir

Hoje a Pompéia vai te enlouquecer
A Águia de Ouro é fogo
Cai no meu samba, vamos festejar
Alertar

2005 - O Pão Nosso de Cada Dia nos dai hoje

Intérprete: Paulinho Mocidade

ÁGUIA DE OURO LÁ VEM ELA RELUZIR
É FESTA AMOR PODE SORRIR
VEM SAMBAR VEM SER FELIZ

BRILHA A LUZ DO INFINITO
O BEM SE FEZ CRIAR
VEM A TERRA ILUMINAR
CLAREIA AS TREVAS VENCE O MAL
É NOVA ERA VEM FESTEJAR
ÁGUA FONTE DIVINA VEM DE DEUS E NOS TRAZ A VIDA
NOS FASCINA E SEDUZ VAMOS ALERTAR, PRESERVAR
PRA NÃO FALTAR

OH PATRIA MÃE GENTIL
OLHAI POR NÓS BRASIL
E OS FILHOS DO TEU CHÃO
NA LUTA SEMPRE EM COMUNHÃO

CRIANÇAS COM FOME DEUS CHORA
O SEU FUTURO É AGORA
DIGNIDADE EU QUERO COM DIREITOS SOCIAIS
A HUMANIDADE LONGE DOS PECADOS CAPITAIS
E A ÁGUIA SEMPRE ALTANEIRA
LEVANTA A BANDEIRA PRA REPARTIR O NOSSO PÃO
CHEGA DE DESIGUALDADE SOLIDARIEDADE
HOJE É FORÇA E UNIÃO
E NA CELEBRAÇÃO DA VIDA
TAI O CARNAVAL DESSA NAÇÃO

2004 - Sou mais São Paulo - Ana Maria Braga conta os 450 anos da culinária paulistana

Sou mais São Paulo pra viver
Águia de Ouro é mais você
Que felicidade
Minha Pompéia vai te enlouquecer

Vem viajar, saborear, esta história
Numa pitada de alegria, hoje tem cheiro bom no ar
O índio preservou a natureza
A caça e pesca, o alimento natural
E da Europa a influência
Veio do tratado entre Espanha e Portugal
Enriquecendo com sabor especial

É na batida do tambor, que o negro faz a festa
A mãe negra temperou, a hora é esta
O caldeirão vai ferver, vem pro terreiro
Tem feijoada com tempero brasileiro

Em busca de uma nova terra
Os imigrantes chegaram
Heranças deixaram, um variado paladar
E a culinária paulistana, virou cardápio popular
Ganhou prestígio internacional
Na capital mundial, universo da gastronomia
Pra fome zero que surgiu
Seja São Paulo a locomotiva do Brasil

Estou nos braços do povo de novo, graças a Deus
Eu dei a volta por cima, com muito amor no coração
Sou Ana Maria Braga de fé, feliz, alegre, faceira
Vaidosa, teimosa, sou guerreira

2003 - A Milenar cultura de um povo, quem tem olho grande já entra na China

Águia de Ouro é o meu tesouro
E Mostra a China para o mundo admirar
Toda a magia e misticismo deste povo
Sabedoria da cultura milenar

Os Deuses abençoaram aquele chão
Terra de Reis Filhos do céu, que prosperou
Assim surgia o imperador
Seu povo enfrentou fortes batalhas
E para proteger seu amanhã
Ergueu-se uma grande muralha
E a Terra cota de Xian

OOOO, OOO o que na China se plantava
No mundo inteiro germinou

A perfeição do corpo da mente e da alma
Meditação um elo com os anjos acalma
Brilhou então, Marco Pólo aventureiro
Cruzando enfim a rota da seda primeiro
Assim, através das invenções, navegações
Cabral nos descobriu
Canta,Hoje é festa no Oriente
O Dragão dança contente
Aqui no meu Brasil é Carnaval

A felicidade vai te conquistar
Ao som da minha bateria
Pompéia chegou,pode aplaudir
É show de alegria no Anhembi

2002 - Vou a luta sem pedir licença. Tupy or not tupi? O samba a resposta

QUERO OUVIR TODA GALERA... CANTAR
COM A NOSSA BATERIA... VIBRAR
MINHA ÁGUIA DA POMPÉIA FESTEJA
E LÁ NO CÉU UMA ESTRELA VAI BRILHAR

SOB A LUZ DO CRIADOR
VI UM FUTURO PROMISSOR
PRA ESTA CIDADE, QUE EU MARIO DE ANDRADE, ME APAIXONEI
CHEGARAM, BANDEIRANTES DE AÇO
IMIGRANTES EM TEUS BRAÇOS
ACELERANDO A INDUSTRIALIZAÇÃO

"LEMBRA DA REVOLUÇÃO?"
PELA CONSTITUIÇÃO, CALOU-SE UM DITADOR... ÔÔÔÔ
A DEMOCRACIA É A NOSSA DIFERENÇA
VAMOS A LUTA, VAMOS SEM PEDIR LICENÇA

ÉS GRANDE PELA PRÓPRIA NATUREZA
PÓLO CULTURAL DESTE PAÍS
ÉS O ELDORADO BRASILEIRO
TERRA DO TRABALHO E DO DINHEIRO
A TUA MODA TRAZ FASCINAÇÕES
EM DEVANEIOS E ILUSÕES
FESTEIRA, TUA NOITE É PIONEIRA
DA TROPICÁLIA A BOSSA NOVA E O ROCK NACIONAL
TEM GENTE BOA, OLHA A CINDERELA NEGRA
NA TERRA DA GAROA

VEM ANHEMBI, BATE NA PALMA DA MÃO
SOU SUBURBANO, PAULISTANO, SOU DA GEMA
E NESTE SAMBA VOU MANDANDO O MEU POEMA

2001 - De Salém a Brasília, o que vale é a bruxaria

A Águia de Ouro chegou
Tem gente dizendo no pé
Tem feiticeiro, tem feiticeira
Juntando tudo é um Sabat à brasileira

Em tempos passados já rolou também
A bruxaria tomou conta de Salém
E a capital, que é federal, mas que cinismo!
O centro mundial do misticismo

Chega! Mas que maldição! "Tô" com a calça na mão
E o grande bruxo sorrindo
Falsas emoções, os mandarins, os marajás e os bufões
Nadando em dinheiro, festa a toda hora
E a gente olhando tudo do lado de fora

Fizeram um grande livro de magia
A verdade, quem diria, escrita ali
Devendo pra lei, não pode fugir
Mas só Brasília tem poção que faz sumir
Virou piada, mas o povão não vai rir

Foge do dragão ladrão, cospe fogo e mete a mão
Aqui sem terra fica bem fora de cena
E traficante vira astro de cinema

Mostra a cara, meu Brasil, é o nosso desafio
Queima bruxaria para ver o que vai dar
Magia para o povo renovar
Mas esta Salém, vai ter que acabar
É nova era, a esperança está no ar

Se o voto da gente
For bem consciente
Melhor remédio pra este meu Brasil doente

2000 - A imagem e semelhança dos Deuses: Terra Brasilis

A minha Águia a brilhar......é ouro
E a bateria arrepiar....no couro
Nossa Pompéia tá que tá.....a mil
Eu vou zoar, vou gritar.....Brasil

Águia de Ouro na avenida
Vem.....e faz sonhar
Sou o povo brasileiro
Hoje feliz e festeiro
Divina foi a minha formação

Fui um bravo bandeirante.....conquistei
Vindo em busca de riqueza.....encontrei
Do além do mar cheguei
Formei uma nação
Um paraíso de fascinação

Índio canta, índio bate tambor
Índio caça, índio é arte......e amor
Em Morenah eu vi o sol e a lua
Nas missões novamente eu plantei

Sou rei Zumbi....ô ô ô
Sou força, sou graça ô ô ô
Guerreiro da raça ô ô ô
Um sonho de liberdade
Meu Brasil
Mistura e magia é é é
É minha alegria
Meu mundo de felicidade

1999 - Águia de Ouro, maravilhoso oceano de paixão (A criação do mundo ao terceiro dia)

MAREJOU E BANHOU
A PASSARELA DE EMOÇÃO
SOU ÁGUIA DE OURO
MARAVILHOSO OCEANO DE PAIXÃO

SUBLIME, INSPIRAÇÃO DIVINA
ÉS MISTERIOSO
O MAR...AZUL LÍMPIDO A BRILHAR
ESPELHANDO O LUAR
CLAREIA IMENSIDÃO DO TEU OLHAR

FONTE DA VIDA, FORMAÇÃO E GERAÇÃO
ESCULPINDO A NATUREZA FORMAS VIVAS DE BELEZA
MAGIA E FASCINAÇÃO
LENDAS DOS ATLANTES IRRADIA
MISTÉRIO DE UMA INVASÃO

EU JOGO FLORES ÁGUA DE CHEIRO
À MINHA MÃE IEMANJÁ
CANTA POMPÉIA PRA MOSTRAR A NOSSA FÉ
NO BALANÇO DA MARÉ

Ô, Ô, Ô, Ô, Ô, ENCONTREI SEREIAS E SERPENTES
MERGULHEI POR ESSE MAR
NETUNO ENCORAJA MINHA MENTE

DESBRAVANDO NOVAS ERAS, NOVOS POVOS, CONTINENTES
ONDE... UM PARAÍSO NATURAL VI BRILHAR
O QUE É TERRA AMANHÃ PODE SER MAR

POLUIÇÃO... É O MAL!
FOI COSTEAU QUEM ALERTOU
AQUACULTURA A CIÊNCIA DO FUTURO
SACIANDO A FOME MUNDIAL

1998 - Assim caminha a humanidade

TODA PRÉ HISTÓRIA OUVIU FALAR
ANDAR DESCALÇO VAI ACABAR
COURO SEM CURTIR FOI MUITO USADO
E NAS FOLHAS DE UM PAPIRO
NOSSO PRIMEIRO CALÇADO
SANDÁLIA GREGA ENFEITOU
OS PÉS DE DIANA COM ESPLENDOR
CAIO QUE A CALÍGULA ADOTOU
E O SEU NOME NA HISTÓRIA
CONHECIDO ASSIM FICOU
UM CHINÊS DE UM ALTO PEDESTAL
CONVIDOU UM PURITANO
PRA BRINCAR NO CARNAVAL

ARTESÃO CALÇOU
O HOLANDÊS E O CAMPONÊS
PARIS DITAVA A MODA LUIZ XV COM VOCÊS

BATE SOLA SAPATEIRO É A ESCOLA
QUEM VAI ENGRAXAR
CARMEM MIRANDA
QUE O MUNDO ENCANTA
PLATAFORMA A DESFILAR
NESSA ONDA TÊNIS DESPONTA
É O MODISMO POPULAR

VAI BATERIA É A SINFONIA
QUE NINGUÉM ESQUECERÁ

QUEM É ME DIZ QUEM É
QUE CALÇA O HOMEM
E AINDA ESQUENTA O SEU PÉ
ASSIM CAMINHA ÁGUIA DE OURO NA FOLIA
COM ALEGRIA MUITO AMOR E SUA FÉ

1997 - Siyau-Yu - Do grão sagrado ao passado: a esperança do futuro

A CHINA DESCOBRIU A SOJA E CULTIVOU
E ASSIM ABRIU AS PORTAS PARA O MUNDO
GRÃO SAGRADO SEMEADO PELO IMPERADOR
MANTEVE O SEU VALOR

FOI O CAMINHO DO MAR
QUE ME TROUXE DE LÁ, DO ORIENTE
VIM PARA O SOLO DE CÁ
VIM TAMBÉM SEMEAR, O OCIDENTE

NA BAHIA PLANTEI COM FÉ
COM MUITO AXÉ E DEVOÇÃO
DO SUL AO NORTE
TIVE MUITA SORTE NESTA PLANTAÇÃO
ACORDA BRASIL
SALVE O SOLO BRASILEIRO
É PRIMAVERA OU VERÃO
COLHEITA PARA O ANO INTEIRO

SE ELE REPARTIU O PÃO
ÔÔÔ, QUE HOJE SIRVA DE EXEMPLO
ÔÔÔ, SOU ÁGUIA DE OURO
POESIA DE UM NOVO TEMPO

CURUQUERÊ DOS CAPINZAIS
DEIXA O MEU PLANTIO EM PAZ
QUE A SOJA TEMPERADA
VIRE CARNE VEGETAL
DO LEITE SE FAZ COALHADA
ESSA GORDURA NÃO FAZ MAL

E QUEM VIVER, VERÁ
NOSSA HISTÓRIA VAI MOSTRAR
UM MILÊNIO ABENÇOADO
TODOS BEM ALIMENTADOS
UMA NOVA GERAÇÃO

1996 - Paulista, Eu Te Amo

VOU COMEMORAR SAMBAR TE AMAR
LINDA PAULISTA
ÁGUIA DE OURO VEM MOSTRAR
SUA MAGIA LUXO E COR TÃO POPULAR

E RETORNANDO NO TEMPO
NAS GRANDES MATAS DO CAAGUAÇÚ
CONCEBEU NOSSA AVENIDA
EM SÃO PAULO TÃO QUERIDA
PREDILETA DOS BARÕES
FAZENDEIROS, IMIGARNTES
A INDÚSTRIA O LUXO DAS MANSÕES
ARTE NOVEAU
NO TEMPO VIROU DINHEIRO
BREVE PAUSA PRA LANCHAR
TRIANON REDUTO VERDE
O MASP UM MUSEU A VISITAR

TORRE DA GLOBO
SE ASSEMELHA A GRANDE EIFELL
RELUZINDO É JOVEM PAM
BOM DUELO LÁ NO CÉU

O TRABALHO É DE SEGUNDA À SEXTA FEIRA
OFFICE-BOY LUTA FELIZ
SOCIEDADE SE DIVERTE
ANO NOVO É SÃO SILVESTRE
NA GAZETA É SHOW QUE VALE

1995 - Voa, Voa Liberdade

SOBREVOANDO EM CÉU AZUL
UM SONHO ALADO NUM COMPASSO GENIAL
ÁGUIA DE OURO ENCANTA O PAÍS
E VOA FELIZ PRESENTE NESSE CARNAVAL

ARQUITAZ DE TARENTO
UM SÁBIO GREGO MUITO AMIGO DE PLATÃO
SAIU NA FRENTE NA CHINA NO ORIENTE
E YUAN SORRIU CONTENTE
POIS DEIXOU SUA LIÇÃO
CHEGOU NA ESPANHA CONTINENTE EUROPEU

LIBERDADE ESTÁ NO AR
LIVRE E SOLTA A VOAR
NUM CENÁRIO MULTICOR

TORRE EIFELL ``AU REVOIR``
BRINCA BRASIL
COM PIPAS BAILANDO NO AR

A INVENÇÃO DO PARA-RAIO
AJUDOU MUITAS CIDADES
NOSSO LINDO PAPAGAIO
JÁ TEM OUTRA UTILIDADE
CORRE, CORRE MINHA GENTE
CHEGOU A POLÍCIA
O SONHO NÃO ACABA NUNCA MAIS

1994 - Sonhos de um sambista

SONHEI... E NA AVENIDA VOU REPRESENTAR
ME ENCANTEI COM A SUTILEZA
DESTE MEU SONHAR
SOU BRASILEIRO E SONHADOR

SOU ÁGUIA DE OURO
E SOU SAMBISTA PRA CURAR O DISSABOR

NESSE MEU SONHO DE ALEGRIAS
BOM EMPREGO E MORADIA
ONDE O TRABALHO NÃO É SACRIFÍCIO NÃO
UMA FEZINHA NO BICHO
CANTO SAMBA NO CAPRICHO
QUANDO CHEGA O CARNAVAL
MEU POVO VIVENDO EM ALTO ASTRAL

NÃO HÁ FOME, NÃO HÁ MAL
JAMAIS QUERO ACORDAR

VOU SONHANDO
QUE A TAL POLÍTICA MEDÍOCRE
ESTÁ MUDANDO
VER BRILHAR
A ESPERANÇA DA CULTURA
E O AMANHÃ CHEGAR
ACABAR COM A INJUSTIÇA E O
PRECONCEITO QUE AINDA HÁ

VEM PRA AVENIDA MINHA GENTE
DESPERTE E ABRA A MENTE
E DEIXE O AMOR ENTRAR

1993 - Identidade Brasil (Resgate da Identidade Cultural)

BRASIL... NÃO MUDE AS CORES DA BANDEIRA
MINHA ESCOLA GUERREIRA VEM PRA RESGATAR
NOSSA CULTURA PEDE AJUDA
ABANDONADA PODE SE ACABAR
VEJAM ESTÃO ROUBANDO A NOSSA HISTÓRIA
SERTANEJO CANTA TRISTE JÁ NÃO PEGA NA VIOLA
ATÉ O LUAR DO MEU SERTÃO
JÁ FOI COMPARADO COM UMA LUZ DE NEON
E OFUSCADO PELAS MÃOS DO TIO SAM

CAPITALISMO, ROCK E JEANS, TRANSFORMAÇÃO
MAS A POMPÉIA, DÁ VALOR AO QUE É ORIGINAL
E PREFERE SER BRASIL VERDE E AMARELO
E FAZ UM ELO COM A CULTURA NACIONAL

ASSOVIA MOLEQUE SACI
CURUPIRA DONO DA MATA
BOITATÁ VIRA COBRA DE FOGO NA CASCATA

MEU BRASIL
MOSTRE O COLORIDO QUE EXISTE NO TEU CHÃO
QUEM NÃO VIU
NUNCA VIVEU E NEM SENTIU TAL EMOÇÃO
O CARNAVAL DO OIAPOQUE AO CHUÍ
LÁ NA BAHIA MEU BEM
SAMBA DE RODA IAIÁ
MARACATU, CATERETÊ E BOI-BUMBÁ
NO CANDOMBLÉ ME BENZER
PRO MAL OLHADO AFASTAR
NO AFOXÉ A PROTEÇÃO DOS ORIXÁS

MINHA ÁGUIA HOJE VEM
ALERTAR A NAÇÃO
QUE NOSSA CULTURA
ESTÁ PERDENDO A TRADIÇÃO

1992 - Felicidade

VOA ALTANEIRA MINHA ÁGUIA
TRAZ NAS GARRAS A FELICIDADE
TU ÉS, DO INFINITO CÉU AZUL
O TEU MANTO É BRANCO É PAZ
ÉS ESCUDO DA POMPÉIA

O GRITO DA ÁGUIA
ESTREMECE TODO CHÃO
FAZ ECOAR NOSSA CANÇÃO

ESTOU FELIZ, POIS A SORTE TÃO SONHADA
HOJE VEIO ACOMPANHADA
DE RIQUEZAS QUE NUNCA SE VIU
DESTINO, TRAÇOU MINHA TRANQÜILIDADE
PÃO, TETO E PROSPERIDADE
POSSO GASTAR SEM TER PREOCUPAÇÃO

A FÉ NO BICHO QUERO SAMBAR
DEU NA MILHAR DO JOGO MEU
ADIVINHA SÓ QUE BICHO DEU... (ÁGUIA)

FLECHADO PELO CUPIDO
EU ``VIVO AMOR`` ESTOU FELIZ
SINTO A PAZ NO CORAÇÃO
POSSO NOTAR QUE O MUNDO É LINDO
ABRAÇO TODAS RIQUEZAS DESTE CHÃO
FORMANDO COM TODOS UMA SÓ NAÇÃO
DO PEITO, HÁ UM PULSAR QUE GERA A PAZ
A VIDA É ISSO E MAIS...

DOS POETAS TODO AFÃ
LUA, SOL, CANÇÃO
DOS MEUS VERSOS, TONS, ACORDES
BRILHO DA MANHÃ

VEM, VEM PRA RUA SAMBAR É CARNAVAL
VEM CANTAR FORTE PRA ESPANTAR O MAL
FELICIDADE É GERAL

1991 - São Paulo, Pátria mia

SOU ÁGUIA DE OURO
TRAGO O PULSAR DOS
CORAÇÕES LÁ DA POMPÉIA
EU TAMBÉM SOU BAMBA
TRAGO ALEGRIA E PRA PLATÉIA MUITO SAMBA

HOJE EU TE DEIXO ITÁLIA MIA
O PEITO SOFRE É HORA DE EMBARCAR
AO LONGE UM PAÍS ME ABRE OS BRAÇOS (BRASIL)
TUA RAIZ AGORA PLANTO LÁ

SEMEAR VER BROTAR O TAL CAFÉ
EXPANDIR ACREDITAR NESTE
TEU POVO QUE TEM FÉ

E LÁ VOU EU...
EMOLDURAR ESTA CIDADE
CRIANDO COMÉRCIO, INDÚSTRIA E CAPITAL
TAMBÉM UM MUNDO CULTURAL
ARQUITETURA VAI FICAR PRA ETERNIDADE
INFRA-ESTRUTURA PRA CIDADE VAMOS DAR
ESSA SÃO PAULO BOA TERRA DA GAROA
NOSSO FUTURO É QUEM DIRÁ

PASSEI LINDAS NOITES SERESTEIRAS
BELA VISTA TÃO FESTEIRA
NOSSO CORTIÇO A CANTAR
LOUVANDO SAN GENARO PODEROSO
(DEVOÇÃO)
MEU PALESTRA GLORIOSO
A TARANTELA DANÇO ATÉ O SOL RAIAR

LAIA LAIA LAIA LAIA
LAIA LAIA LAIA LAIA
SÃO PAULO PARA SEMPRE VOU TE AMAR

1990 - Casais da Era

HOJE A ÁGUIA VAI MOSTRAR
CASAIS DAS ERAS QUE
FICARAM POPULARES
E COM EROS E CUPIDO
TODO MUNDO ENVOLVIDO
NESTA ARTE DE AMAR
IANSÃ E OGUM GUERREIRO
DONOS DO AMOR VERDADEIRO
FIZERAM A LUA E O SOL BRILHAR
DO SEU FRUTO A GERMINAR
QUE SANSÃO FOI SEDUZIDO
POR DALILA ERA QUERIDO
LINDO É O CRAVO E A ROSA DESLUMBRAR

COM PIERRÔ E COLOMBINA
NAPOLEÃO E JOSEFINA
NO CORTEJO A DESFILAR

MAS TEVE UM SONHO FELIZMENTE
INTERROMPIDO
POR UM PRÍNCIPE ATREVIDO
QUE A BELA FOI BEIJAR
E JULIETA APAIXONADA POR ROMEU
NÃO PRECISA MAIS FUGIR
POIS O POVO OS ACOLHEU
CARAMURU SE ENCANTOU
COM UM NOVO DIA
ENCONTROU PARAGUAÇU
E CAÍRAM NA FOLIA

E VEM LÁ DO NOSSO AGRESTE
LAMPIÃO CABRA DA PESTE
COM MARIA XAXA SAMBAR

1989 - Astrologia,Ciência e Arte

REGIDO PELO PLANETA URANO
NOVOS TEMPOS ENCONTREI
NESTA ERA DE AQUÁRIO
ASTROLOGIA E O ASTRO REI

A ÁGUIA HOJE É ZODIACAL
CIÊNCIA OU ARTE O PONTO
FUNDAMENTAL
NESTE CENÁRIO MULTICOR
DE ALEGRIA MUITA PAZ E AMOR

QUEM É DO FOGO
ASCENDENDO O CARNAVAL
GIRA O SISTEMA SOLAR
AS BAIANAS A RODAR BIS
E OS ASTROS A ILUMINAR

TERRA ELEMENTO RADIANTE
DE ENERGIA
FAZ PULSAR MEU CORAÇÃO
O AR TÃO SUBLIME A SUA BRISA

1988 - Menino da Lapa (Sargentelli)

SARGENTELLI NOS MOSTROU
A SUA ARTE E A CRIAÇÃO
E NA LAPA ESTE MENINO
AO NASCER QUIS O DESTINO
LHE ENTREGAR A CANÇÃO POPULAR
UMA FORÇA CONCEDIDA
POR SEU TIO MESTRE LALÁ
E NO RIO ``VIVA MEU SAMBA``
NO MEIO DE GENTE BAMBA
E A PORTELA À DESFILAR

SALVE A MULATA, BELA E FACEIRA
COM ORGULHO LEVA NOSSA BANDEIRA
O MUNDO INTEIRO JÁ CONHECEU
ESTE GINGADO DA MULATA BRASILEIRA

E FOI AI QUE A VIDA LHE SORRIU
QUE FASCINAÇÃO
E FOI TÃO GRANDE O BRILHO QUE LHE SURGIU
CINQÜENTA ANOS DE RÁDIO E TELEVISÃO
IEMANJÁ SUA FÉ
QUE LHE DÁ MUITO AXÉ E EMPOLGAÇÃO
NESTA AVENIDA COLORIDA
O ÁGUIA MOSTRA SUA VIDA DE EMOÇÃO

1987 - Para Viver um Grande Amor (Vinícius de Moraes)

VEM CANTAR
O CANTO É PAZ
VOU ME ENCANTAR
COM VINÍCIUS DE MORAES

MAGISTRAL
FAZ DA NOITE A IRMÃ
ENGALANA A MANHÃ
COM A LUZ DO CARNAVAL
NA EMBRIAGUEZ DA MUSA
ESCRAVIZADO CRUZA
SONHO E VENDAVAL
POETA É SUA PRIMAZIA
AO REVELAR QUE A POESIA

FANTASIA IDEAL
PARA VIVER UM GRANDE AMOR
DO EXÍLIO, A LINDA FLOR
ÁGUIA DE OURO É REAL

MENESTREL
DE MIL CANÇÕES
SEU VERSO É MEL
EM NOSSOS CORAÇÕES

VIAJOU
SOBRE AS ASAS DA PAIXÃO
ENTREGOU O CORAÇÃO
DEU AO POVO ESPERANÇA
VERSOU
EM TODOS OS COMPASSOS
ACHOU-SE EM MIL ABRAÇOS
AMOU E FOI CRIANÇA

1986 - Assim Falou Juca Pato

VEM DO CORAÇÃO
A POESIA PARA HOMENAGEAR
O GRANDE ARTISTA CARICATURISTA
E CRIADOR DE PERSONAGENS IMORTAIS

HOJE FALO DE BELMONTE
FILHO BOM DESTA CIDADE
ONDE NASCEU E SE CRIOU
A PAULICÉIA QUE ELE TANTO AMOU

CARICATURANDO SE FEZ A CULTURA
JUCA PATO FALA NA FIGURA

DE LÁ PRA CÁ O PERSONAGEM
CAIU NA FAMA E NA CABEÇA DA MOÇADA
JUCA PATO FOI ALÉM
QUANDO O ARTISTA DEU-LHE ALMA NO PAPEL
ILUSTRANDO A NOSSA VIDA
EM QUALQUER LIVRO, REVISTA OU JORNAL
NUM TRAÇO, O LÁPIS DEU A COR
FANTASIA DEU AMOR
ÁGUIA DE OURO DÁ O SEU CARNAVAL

OI TÁ NA HORA MEU BEM
OI TÁ NA HORA MEU BEM
OI VEM PRA RODA RECORDAR TAMBÉM

1985 - Vadico, o Parceiro Esquecido

BATEU, BATEU
MAIS FORTE O MEU CORAÇÃO
NO CANTO DESSA MULTIDÃO
E VEM DE LÁ
O BRILHO QUE ILUMINA O CAMINHO
DA ÁGUIA QUE BORDOU SEU NINHO
UM CANTO DE ALEGRIA VOU CANTAR

VEM POETA DAS MELODIAS SERENAS
FOI GRANDE PARCEIRO DE NOEL
SEUS ACORDES VEM DO CÉU
VADICO HOJE A FESTA É PRA VOCÊ

OI! ABRAM ALAS MEU POVO ASSIM FALOU!
OI! SAMBA IAIÁ
OI! SAMBA IOIO

É MAS NÃO FICOU SÓ POR AQUI
E LÁ FORA FOI MOSTRAR
SEU TALENTO BRASILEIRO
FOI MAESTRO PIANISTA SERESTEIRO
E SAMBISTA E AMANTE DO LUAR
MAS SE O LUAR TEM FEITIÇO
O FEITIÇO DA VILA TAMBÉM VAI BRILHAR
E AO PIANO VADICO NUM SONHO ALEGRE
TOCANDO MAIS UM SAMBA POPULAR

NA RODA GIRA, GIRA COM CALOR
ÔÔÔ TRAZ UM SORRISO FEITO SÓ DE AMOR BIS
TRAZ UM SORRISO FEITO SÓ DE AMOR

1984 - Mil vidas, o Teatro Através dos Tempos

TRAGO A LUZ DA RIQUEZA
QUE A HISTÓRIA ESCREVEU
EMOLDURANDO VALORES ME BANHO
NAS CORES
QUE O TEATRO TECEU
E A CORTINA SE ABRIU
SOU O ARTISTA E REPRESENTO VIDAS MIL
MOSTRO A CULTURA E A ARTE
QUE O MUNDO ABRAÇA DE FORMA GENTIL

ÔÔÔ, NA VELHA GRÉCIA BRILHOU A RAIZ
ÔÔÔ, EM ROMA ANTIGA EU FUI FELIZ

NAVEGANDO,
ATRAVÉS DOS TEMPOS ENCONTREI
AS MARAVILHAS DO TEATRO EUROPEU
E COM A NOVA ERA ME ENCANTEI
QUANDO AQUI CHEGUEI
VI A SEMENTE DO TEATRO GERMINAR
ABRAÇANDO A MAGIA E A POESIA
QUE A ARTE ACALENTOU
DESENVOLVENDO A CULTURA POPULAR

E A LONA AZUL E BRANCO
FAZ A NOITE COLORIDA
EU SOU PALHAÇO SOU FANTOCHE
SOU A VIDA

1983 - Na Ilusão da Fantasia - Fantasia da Ilusão

VEJAM QUE COLORIDO FASCINANTE
O SAMBA VEM CONTAGIANTE
BATENDO TÃO FORTE EM MEU PEITO
QUERO EXTASIAR-ME NA FOLIA
E VOU CHORAR DE ALEGRIA
NESTA NOITE DE ESPLENDOR

NA ILUSÃO DA FANTASIA
EU ME BANHO NA EMOÇÃO
TRANSFORMO-ME NUM PRÍNCIPE
A ENCANTAR UM CORAÇÃO
DE UMA PRINCESA TÃO BELA E FORMOSA
NO SEU CASTELO DIVINAL
NA AVENIDA SOU PIERRÔ
REI COROADO DEUS DO AMOR

HOJE EU SOU
BRAVO GUERREIRO OU UM NOBRE
IMPERADOR

VOU BRILHAR
NO ENCANTO DO MEU CARNAVAL
HOJE SOU MUITO MAIS ESPERANÇA
POIS MINHA FANTASIA É REAL

LAIA LAIA LAIA
LAIA LAIA LAIA
É ÁGUIA DE OURO
FAZENDO O POVO CANTAR

1982 - Viagem Encantada ao Reino da Natureza

OH! NATUREZA TÃO
NOSSAS MATAS VERDEJANTES
RIOS CACHOEIRAS E CASCATAS
QUE CENÁRIO FASCINANTE

OLHA O JARDIM DOS AMORES
É A ROSA RAINHA DAS FLORES

IEMANJÁ GRANDE DEUSA DO MAR
NO CÉU DESPONTA A LUA A BRILHAR
O PESCADOR PREPARANDO A REDE
É ALVORADA E O SOL VAI RAIAR
OUÇO O CANTAR DA PASSARADA
BORBOLETAS ENCANTADAS
COLORIDAS BAILANDO NO AR

NEGRO BRANCO E ÍNDIO
SÃO FIGURAS DE DESTAQUE PRINCIPAL
FORMADORES DESTE POVO BRASILEIRO
QUE HOJE VEM BRINCAR NO CARNAVAL

SEDUÇÃO FAUNA FLORA QUE BELEZA
SEDUÇÃO ÁGUIA DE OURO BIS
EXALTANDO A NATUREZA

1981 - Dorival Caymmi, O Cancioneiro da Bahia

É MEU BRASIL
HOJE VAMOS EXALTAR
DORIVAL CAYMMI
NESTA LINDA NOITE DE LUAR
(NASCIDO)
NASCIDO EM SALVADOR
QUANTO ESPLENDOR
OXALÁ AOS ORIXÁS
EU VOU A ITAPUÃ
VER A RAINHA DO MAR

ESTE CANCIONEIRO DE GRANDEZA
PURO COMO A NATUREZA
FAZ TODO POVO SONHAR
ENCANTOU CARMEM MIRANDA
GILBERTO GIL E OUTROS BAMBAS

GIRANDO A BAIANA
FAZ SEU VATAPÁ
NO REMELEXO DA NEGA BIS
EU QUERO SAMBAR

1980 - Raízes da Amizade

ÁFRICA, NEGRO, MAGIA, ESPLENDOR
DANÇA BATUQUE TOCA TAMBOR

KISSIM GOLA
BAMBARÁ SONIKE
KANURÊ DACA
YORUBÁ NUPÊ

NEGROS AGORA ERAM ESCRAVOS
VINDOS PARA O BRASIL
SEU CANTO TRISTE ECOAVA
NO ESCURO PORÃO DO NAVIO

ÔÔÔ LELEÔ, LELEÔ
MAS COM A ABOLIÇÃO NEGRO SE LIBERTOU

BLOCO GAFIEIRA E CORDÃO
É SAMBA QUE ANIMAÇÃO
NA AVENIDA DESFILA ÁGUIA DE OURO
ALEGRANDO ESTA FESTA DO POVO

É CARNAVAL, FESTA TRADICIONAL
É MISTURA DE RAÇA BIS
E A ALEGRIA É GERAL

1979 - Brasil, Paraíso Original

BRASIL É PROGRESSO
TERRA SEM IGUAL
CANTA MEU POVO 
PARAÍSO ORIGINAL

OLHA A MISCIGENAÇÃO
CANA DE AÇÚCAR, PETRÓLEO
OURO, ALGODÃO
BRASÍLIA, TEM A SUA ARQUITETURA
NA TERRA DA FARTURA
DA CARNAÚBA E DO SANTEIRO
ESSE É O SOLO BRASILEIRO

ONDE PLANTANDO TUDO DÁ
DENDÊ, PITOMBA, MANACÁ
TEM PELÉ E O CAFÉ
MUITO SAMBA DIZ NO PÉ
CANTA, CANTA ÁGUIA DE OURO
SEM PRECONCEITO
TOCA, TOCA BATERIA VAI TOCANDO SEM
PARAR
EXALTANDO NOSSA TERRA, SEM IGUAL
CANTANDO O PARAÍSO ORIGINAL

LAIA LAIA LAIA ÔÔÔÔÔ
LAIA, LAIA ÔÔÔÔÔ 

1978 - Cem anos de Chorinho

COM FLAUTA, VIOLÃO E CAVAQUINHO
SE FAZ CHORINHO
SE FAZ UMA CANÇÃO
ÁGUIA DE OURO MOSTRA NA AVENIDA
UM PASSADO DE GLÓRIA
DE UM TEMPO TÃO BOM
ANDRÉ DE SAPATO NOVO
MOÇO CARINHOSO
APAIXONOU-SE POR DINORÁ
ANDANDO COMO URUBU MALANDRO
VIVIA ESCORREGANDO
E DIZIA SER CAPAZ

ERNESTO NAZARÉ E CHIQUINHA GONZAGA
FIZERAM CHORINHO FAZENDO NOITADA
PIXINGUINHA, JACÓ DO BANDOLIM BIS
ZEQUINHA DE ABREU
TAMBÉM FIZERAM ASSIM

1977 - A Bahia de Jorge Amado

VIVA A BAHIA
QUE EU VIVO TANTO A SONHAR
ESSA TERRA TÃO LINDA
DE UM ROMANCISTA POPULAR
JORGE AMADO ESCREVEU
PÁGINAS QUE VENHO APRESENTAR
RETRATANDO A REALIDADE
DE UM NORDESTE RURAL E SOCIAL
E FOI ASSIM

COM PAÍS DE CARNAVAL
COMEÇOU A MARAVILHA
DE UM BRASIL COLONIAL

JUBIABÁ SURGIA
E O FOLCLORE BRASILEIRO
COM GABRIELA ENRIQUECIA
NOS VELHOS MARINHEIROS CONVIDOU
A DONA FLOR PARA CONHECER
A TENDA DO MILAGRE COLOSSAL
COM PERSONAGENS DA VIDA REAL
OBRAS DE BELEZA EXUBERANTE
ÁGUIA DE OURO EXALTA NESSE CARNAVAL
JORGE AMADO É O TEMA
SUA VIDA É UM POEMA
NESTA TERRA SEM FIM

QUERO VER MÃE MENININHA
VOU COMER DO VATAPÁ
QUERO BRINCAR NAS SUAS PRAIAS
E VIVER NO SEU LUAR